Equilíbrio entre o “Dar e Receber”

Atualizado: Abr 19




Em uma relação entre iguais, entre pessoas que chegam juntas em uma relação, como é o caso de uma relação de casal. É necessário ter o equilíbrio entre o dar e receber.


Quando recebemos algo de alguém, a nossa alma sente a necessidade de equilibrar a relação através de uma compensação.

Todo mundo sente essa necessidade.


Este é o movimento natural da alma.


Quando recebemos algo de alguém, nos sentimos pressionados a devolver.

E quando damos, sentimos necessidade de receber algo de volta, mesmo que seja um muito obrigado.

E quando isso não acontece?


“Nem sempre é possível dar tanto quanto você recebe, mas a verdadeira gratidão de coração e a alegria de receber atuam muitas vezes como um belo mecanismo de compensação para alcançar o equilíbrio entre o dar e o tomar. Às vezes, o dar fica equilibrado pela radiante e genuína alegria e gratidão de quem recebe.

Mas mostrar o nosso reconhecimento ao outro requer uma grande humildade e abertura.” Joan Garriga

Quando não respeitamos o dar e receber estamos colocando a relação em perigo.


É importante cuidarmos desse equilíbrio diariamente para a relação dar certo.

É importante desenvolver a percepção do que estamos dando e do que estamos tomando.

E nos perguntar: "Essa relação está em equilíbrio?". E então equilibra-l.


Precisamos considerar o que o outro é capaz de nos dar, afinal de contas cada um dá o que tem. E é tarefa nossa perceber se estamos dando muito ou pouco em uma relação.


A relação só dá certo em equilíbrio.



0 visualização

Rua Frei Manoel da Ressurreição, 768, Jd. Guanabara - Campinas/ SP  CEP: 13076-411           michellepsicologa@outlook.com            (19) 98914.9595